sexta-feira, 9 de junho de 2017

Palavras do nosso Bispo na preparação para o Crisma



Está a chegar o dia tão esperado em que o nossos jovens do 10º. ano receberão o Sacramento do Crisma. Que 11 de Junho, seja um dia de alegria no Senhor.

Hoje ouvimos o Senhor Bispo, falar de ponto de chegada, ponto de partida e Discernimento vocacional. Também falou que o encontro com Jesus é um encontro de alegria. 
Assim resolvemos "ensaiar a foto", com muita alegria. Grata a todos incluindo os que gostariam de estar e não foi possível e aos pais que nos fotografaram, para mais tarde recordar...


quarta-feira, 7 de junho de 2017

Festa da Profissão de Fé

Com os catequizados do 6.º Ano Catequese celebrámos no dia 4 de junho a Profissão de Fé.
A Solenidade de Pentecostes ajudou a dar mais relevo a este momento festivo, pois é no Espírito Santo que confessamos a fé em Deus que é Pai, Filho e Espírito Santo. 
Preparativos
Foi pois com alegria estes jovens acenderam a vela do seu batismo no Círio Pascal e diante dos pais, padrinhos e da comunidade Paroquial presente, manifestaram publicamente a sua vontade de crescer como cristãos e renovaram o seu compromisso batismal.

No momento do Ofertório, fizeram simbolicamente, memória de algumas vivências que marcaram a sua caminhada de fé ao longo destes 6 anos de catequese.

Teia da Amizade
Como os amigos gostam de estar juntos, também nós queremos estar junto de Cristo nesta teia de amor.

Terço
Como Maria nos ensinou, também nós queremos ter presente a oração, como forma de agradecermos a Deus cada dia.

Rede com os peixes
Tal como os discípulos foram pescados pelo Amor de Cristo, também nós queremos sentir-nos parte dessa rede de amor.

Bíblia
É símbolo da rota da fé que nos liga a Ti.

Cruz + diários
A cruz e os diários da nossa catequese representam o ano percorrido. Pedimos-Te que nos ajudes a conhecer-Te melhor e a nunca nos cansarmos de Te procurar.

Objetos Pessoais
Pai, Mãe, Jesus… os objetos fazem parte do nosso dia-a-dia, são sinais da Alegria e da Vida que nós temos, e que queremos partilhar com Jesus, e os seus amigos.

Cálice e Patena
O Pão e o vinho frutos da terra e do trabalho humano. Assim como eles se vão transformar no Corpo e Sangue de Jesus, pedimos que as nossas vidas se transformem e sejam parecidas com a Dele.

Diplomas
Símbolo da Fé que hoje iremos receber. Que a nossa Profissão de Fé seja o compromisso de sempre de Te seguir, com a ajuda dos nossos pais e familiares.

Ofertório Material
Partilha que simboliza o compromisso de todos, para com a comunidade a que pertencemos. 

 
No final, a acção de Graças em homenagem a Nossa Senhora, Mãe de todos nós!
Catequistas: Anabela, Alexandre
Joana e Raquel


Crismandos - Encontro com os Catequistas que acompanharam o seu percurso



Neste encontro recordando que o percurso de dez anos de catequese foi um caminho composto por várias etapas que permitiram uma iniciação na vida crista e a sua vivência. Quando Crianças iniciaram esse percurso com os catequistas do 1º Ciclo: Maria Manuel, Glória, Cristina Freches, Maria Falcão, Luís Pardal, Leonor Gaspar, Inês Filipa Martins, Filomena Gomes. Continuando o percurso, com os catequistas dos ciclos seguintes: Irª Odete, Ana Maria, Carla Matos, Isabel Ismael, Pedro Martins, Ana Aysa, João Barata, Manuel Conceição, Nanda, José Nuno, Miguel Xavier, Irª Teresa, Maria José e Daniel Silveira. Agradecendo a Deus a sua disponibilidade, ensinamentos e exemplo. 

Sábado, dia 3 de junho  

sexta-feira, 12 de maio de 2017

Festa da Esperança e Bem-Aventuranças

Celebrámos o quarto domingo da Páscoa, no dia do Bom Pastor. 
Tal como os primeiros cristãos, reunimo-nos como uma grande família para celebrar juntos, a nossa fé em Jesus Ressuscitado. 
Foi com alegria que acolhemos catequizandos do 5º. e do 7º. ano que traziam balões coloridos e foram convidados, de modo especial, a partilhar a sua fé com a Comunidade Paroquial e a levar ao coração de todos a mensagem das Bem-aventuranças e da esperança. 
O mote era: BEM-AVENTURADO quer dizer FELIZ, alegre… Buscar a vontade de Deus é ser bem-aventurado é viver com esperança.

FELIZES OS POBRES
Somos pobres e estamos disponíveis diante de Deus pois o balão está cheio da nossa alegria. Balões vazios que só Cristo pôde encher, Ele é a nossa riqueza.


FELIZES OS QUE CHORAM
Deus é Pai, é Amigo e do sofrimento pode fazer surgir a alegria que nos enche o coração.

FELIZES OS MANSOS
Estar atentos aos outros com o cuidado com que tratamos o balão para que não rebente, acreditando, apenas, na força da verdade e da não violência.

FELIZES OS QUE TÊM FOME E SEDE
Todos devem ter lugar na mesa e o pão chegará para todos sem que ninguém passe fome. O balão significa a alegria que sentimos em fazer parte desta mesa.

FELIZES OS MISERICORDIOSOS
Ser misericordioso é ter a capacidade de perdoar e, como o balão ao vento, acenar a amizades renovadas.
FELIZES OS PUROS DO CORAÇÃO
Coração puro para nos vermos a nós próprios com olhos novos, para vermos na natureza as pegadas de Deus e para sentirmos como o balão a leveza que é viver no Seu amor.

FELIZES OS CONSTRUTORES DA PAZ
É grande a nossa tarefa de construir a paz inspirada nos valores da justiça, liberdade, fraternidade e diálogo. Que este balão simbolize a nossa contribuição com fé e esperança na construção de um mundo melhor.

FELIZES OS QUE SOFREM DE PERSEGUIÇÃO
As perseguições, mentiras e ataques perseguem os discípulos de Jesus. Como no tempo de Jesus, ainda hoje somos, por vezes, perseguidos. Que a partilha das Bem-Aventuranças e da Esperança, através destes balões coloridos, contribuam para nos aceitarmos sabendo respeitar as nossas diferenças.

Rezámos por todas as mães agradecendo ao Senhor a vida que nos é dada através delas e a Paróquia ofereceu a todas um pequeno cartão como recordação deste dia.


No final da Eucaristia tendo cada um, colocado dentro do balão a sua alegria e esperança, houve uma  alegre e entusiasmada largada de todos os balões.  


Fotos: Zé Nuno Gaspar 6 maio 2017

segunda-feira, 10 de abril de 2017

Celebração de Ramos

“Jesus fez-se obediente até à morte”
Com a Catequese celebramos Paixão de Jesus.
Começamos a Semana Santa com alegria ao aclamar Jesus: "Bendito O que vem em nome do Senhor".
Mas Aquele que foi aclamado é logo a seguir, rejeitado, condenado, negado e morto. "Que hei-de fazer d'Aquele que chamais Rei dos Judeus?"
Aqui está o desafio da Semana Santa: Reconhecer em Jesus o Filho de Deus que vem a nós, e nos salva. 
Vem humildemente (montado num jumento) fez-se obediente até à morte, mas na Cruz é reconhecido como  Filho de Deus.  
A narração da morte de Jesus na cruz, que é proclamada no Domingo de Ramos, é uma leitura muito bela. Os nossos catequizando juntamente com o Padre Rafael leram em diálogo a forma breve do Evangelho de S. Mateus.



Fotos: Zé Nuno Gaspar